Roger começou a trabalhar com HQs no Brasil, como letrista de HQs nos anos 1980. Nessa época, escreveu e desenhou HQs curtas e experimentais, publicadas por editoras pequenas de São Paulo. Nos anos 1990 estreou no mercado americano como desenhista. Roger foi o primeiro artista brasileiro a desenhar para a Marvel Comics e o primeiro a desenhar X-Men, o título mais vendido da editora. Em 1995, desenhou X-Men Alpha, título mais vendido do ano no mercado americano. Nos quase vinte anos de carreira, trabalhando para as grandes editoras americanas, desenhou títulos como X-Men, X-Men Alpha, X-Men Omega, Generation X, X-Man, X-Factor, X-Patrol, Magneto, X-Men First Class, Alpha Flight, Darkness, 10th Muse, Araña, Youngblood, Spider-Man, Doctor Strange, Ghost Rider, Hulk, Huntress, American Vampire, entre muitos outros. Em 2010, publicou no Brasil a HQ XAMPU Lovely Losers, seu primeiro trabalho autoral, indicado ao troféu HQMIX em 3 categorias: melhor álbum, melhor roteirista e melhor desenhista. Em 2011, 2012 e 2013, lançou respectivamente, Nudes In Fury, Roger Cruz Artbook vol. 1 e Sketchbook Experience Roger Cruz. Em 2014, idealizou e roteirizou Quaisqualigundum, HQ premiada com o troféu HQMIX.
  • #1 - Quaisqualigundum
    101
    Páginas: 98
    10

    Categorias: Drama

    Quaisqualigundum é um álbum de histórias em quadrinhos que homenageia a obra de Adoniran Barbosa e a cidade de São Paulo. Escrito por Roger Cruz (Autor de Xampu-Lovely Lose...

    Ver mais

  • #3 - Imaginários em Quadrinhos
    27
    Páginas: 130
    18

    Categorias: Ficção Científica

    Universos fantásticos imaginados por quadrinistas consagrados e novos talentos. Essa é a coleção Imaginários em quadrinhos, que em cada volume traz 120 página...

    Ver mais